Melhor idade necessita de políticas públicas


Data de publicação: 01/10/2021

No Dia do Idoso, UNIJUAZEIRO reforça a importância de ações para garantir a qualidade de vida dos idosos

Em 1º de outubro, o Brasil comemora o Dia Nacional do Idoso. A data foi criada a partir da Lei 10.741 de 2003, que colocou em vigor o Estatuto do Idoso no país. O seu intuito é gerar uma reflexão sobre o envelhecimento, que deve ir além das pessoas idosas, e despertar um alerta na sociedade para a necessidade de proteger e cuidar da população da melhor idade.

“Envelhecer envolve diversas dificuldades que afetam a qualidade de vida das pessoas. Consequentemente, necessitamos da construção de políticas públicas que amparem a pessoa idosa de forma humanizada e resguarde os seus direitos”, destaca a coordenadora do curso de Enfermagem da UNIJUAZEIRO, Sabrina Martins.

As políticas públicas para a melhor idade são mais que necessárias, pois, segundo o Ministério da Saúde, a expectativa é que a taxa de envelhecimento supere a de crianças e adolescentes a partir de 2030. Este dado reforça a importância de campanhas que atendam de forma efetiva esta parcela crescente da população.

Para melhorar essa realidade, é vital conhecer os direitos e as dificuldades vivenciadas pelos idosos. Sanar as adversidades atuais é poder minimizar riscos e permitir que futuras gerações envelheçam com mais qualidade de vida.